Acusado de matar Rafael Miguel cuidava de gado no MS usando identidade falsa

Paulo Cupertino está foragido da polícia após assassinar o ator e seus pais no ano passado

Em meio a investigação do caso, a Polícia Civil de São Paulo descobriu que Paulo Cupertino Matias, que é acusado de ter matado o ator Rafael Miguel e seus pais, no ano passado, estava escondido em um sítio localizado na cidade de Eldorado, no Mato Grosso do Sul.

Atualmente ele está foragido da Justiça e a polícia vem buscando pelo paradeiro do homem. Para conseguir se esconder no local, Cupertino usou e uma identidade falsa, e conseguiu um emprego como cuidador de gado para o dono da propriedade onde estava.

De acordo com o que foi descoberto, o pai da jovem Isabela Tibcherani, namorada de Rafael, ficou no local entre oito a 15 meses, usando o nome de Manoel Mchado da Silva.

PUBLICIDADE

Como parte do seu disfarce para se esconder no trabalho em questão, Cupertino adotou uma barba branca e comprida, e usava de um boné a todo momento. No entanto, no dia 27 e outubro, ele acabou fugindo novamente, e agora o seu paradeiro ainda não foi descoberto pelas autoridade responsáveis pela investigação.

As autoridades responsáveis pelo caso foram até a cidade no Mato Grosso do Sul, onde conseguiram imagens que mostram a fisionomia adotada recentemente pelo foragido da Justiça. As informações a respeito da nova fisionomia do homem foram divulgadas pelo portal de notícias G1. Cupertino havia fugido da capital paulista em junho de 2019, quando matou o ator e seus pais na frente da casa em que morava. Desde então, ao que tudo indica, de acordo com as investigações, ele passou por pelo menos sete cidades e três estado. Em todos estes locais foram usadas identidades falsas para despistar as autoridades.

Ao final do mês de outubro, a Globo noticiou de forma errada que havia sido feita a prisão de Paulo Cupertino. De acordo com César Tralli no momento, a informação foi passada à emissora pelo delegado-geral de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes. No entanto, após a divulgação o comissário revelou que a Polícia Militar do Paraná, onde supostamente ocorreu a prisão de Cupertino, declarou que havia se confundido, e que o homem ainda permanecia como foragido.

PUBLICIDADE

A falha na comunicação com as autoridades foi motivo para deixar a emissora em uma verdadeira saia justa, ao divulgar uma notícia falsa a respeito da prisão do homem foragido. Na ocasião, a BandNews TV também havia conseguido a mesma informação que foi dada à Globo com a policia, e divulgou também em sua programação e seu site, antes mesmo até que a rival tivesse feito em sua programação.

O crime contra o ator Rafael Miguel e seus pais ocorreu no ano passado, na tarde do dia 10 de junho. O ator tinha 22 anos de idade, e foi morto na frente da casa da namorada, juntamente com seus pais. Todos as vítimas de Cupertino morreram ainda no local devido aos tiros. O jovem ator havia ido até a casa de Isabela para conversar com os pais dela a respeito do namoro entre os dois, mas ao chegar, foi logo baleado ainda no portão pelo pai da jovem.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.