Após contrair Covid-19, artista Daniel Azulay morre no Rio de Janeiro

Daniel Azulay era também desenhistas, cartunista e pintor. O artista morreu na última sexta-feira, dia 27 de março, com 72 anos de idade após ser infectado pelo corona vírus. Azulay estava a algum tempo, lutando contra uma leucemia, o que o colocava em grupo de muito risco em relação ao condiv-19.

Atualmente no brasil os casos confirmados de convid-19 já passam das 3.5 mil pessoas infectadas pelo novo corona vírus.

O número de vítimas fatais da epidemia em solo brasileiro já chegou em 92 e entre eles está uma figura muito celebre e querida no território nacional, principalmente para quem viveu a infância entre os anos 1970 w os anos 1980.

 

Daniel Azulay era também desenhistas, cartunista e pintor. O artista morreu na última sexta-feira, dia 27 de março, com 72 anos de idade após ser infectado pelo corona vírus. Azulay estava a algum tempo, lutando contra uma leucemia, o que o colocava em grupo de muito risco em relação ao condiv-19.

PUBLICIDADE

O artista plástico estava internado em um CTI, na clínica São Vicente, que fica na zona sul do Rio de Janeiro.

 

A fama de Daniel Azulay se deve principalmente pelos seus trabalhos nos 1970 e 1980, onde participou de programas educativos e infantis como a Turma do Lambe Lambe, da TV Bandeirantes. Azulay também trabalhou em vários projetos na internet ao longo de toda a sua carreira

Daniel Azulay nasceu no estado do Rio de Janeiro em maio do ano de 1947. Foi um desenhista autodidata, porem tinha formatura em direito pela universidade Candido Mendes. A partir de 1969 ele estreou as publicações de suas histórias e tirinhas e cartoons em alguns jornais.

PUBLICIDADE

 

Durante sua vida, Azulay teve vários projetos em procurava conscientizar, principalmente as crianças sobre temas sérios. Em 214 por exemplo, iniciou a ideia de “soprinho e sua turma”, onde com os seus personagens procurava orientar crianças e adolescentes sobre o perigo do álcool e da direção em conjunto.

 

A Morte de Daniel Azulay gerou muita comoção também entre o meio artístico. O youtuber Felipe Neto, por exemplo lamentou o falecimento do artista em suas redes sociais onde disse que o brasil perdia para o corona uma pessoa que marcou a infância de toda uma geração.

Muitos outros humoristas lamentaram a morte Azulay. Entre eles Marcos Castos e Antônio Tabet.

PUBLICIDADE

Escrito por Lucas Alves

Colunista dedicado e focado a escrever artigos de qualidade sobre Noticias, TV, Famosos e demais assuntos.