Atriz levanta a saia, tira foto em frente ao espelho e internautas pasmam; ‘enorme’

Considerada uma das maiores atrizes de sua geração, Bruna Linzmeyer, vive o auge de sua carreira.

A atriz Bruna Linzmeyer está no auge de sua carreira, em horário nobre na Rede Globo, onde interpreta Lourdes Maria, na novela que já caminha para o fim; ‘O Sétimo Guardião’. 

A menina que saiu do interior de Santa Catarina aos 16 anos de idade, para seguir a carreira de modelo na capital paulista, conta que sempre teve vontade de mudar de estado e realizou o sonho com a ajuda do irmão mais velho, Heldercom 10 anos de diferença.

Bruna passou então a se encontrar no mundo artístico e hoje aos 26 anos de idade, já é reconhecida como uma talentosa profissional, o seu sucesso é devido sua interação nas redes sociais também, sempre gentil e comunicativa com os internautas de plantão.

PUBLICIDADE

Para não perder o costume, a também modelo postou uma foto onde ela aparece de vestido levantado, em frente ao espelho, mostrando a peça íntima.

No post em seu perfil pessoal, ela legendou justificando o clique: “As roupas de Lourdes são saias muito curtinhas, aí acabava aparecendo sempre.

Ou no acidente quando eu era atropelada, ou então nas cenas de relações íntimas. Aí a gente fez essas calcinhas muito lindas, muito fofas, muito confortáveis, que dão ainda mais esse ar de jeca, de menina do interior”, comentou a atriz.

PUBLICIDADE

Bruna Linzmeyer posou mostrando a calcinha Foto ReproduoInstagram
Os internautas lotaram de comentários a foto de Bruna Linzmeyer, uns concordaram que a peça é fofa, outros criticaram dizendo que pelo tamanho, seria melhor usar um short por baixo do vestido.

Antes disso, ela postou também uma pose ao lado da namorada, passeando de barco. As duas estão vivendo juntas desde 2017, Bruna e Priscila demonstram o amor uma pela outra no dia a dia nas redes sociais.

“Meu amor e eu vivendo nossa vida lésbica, linda, simples, de boas e cheia de amor. Um beijo carinhoso na cara da sociedade”, declarou a beldade depois de ler alguns comentários preconceituosos.

“Eu me apaixono por quem eu quiser, não importa se é mulher ou homem cis, não-binárie ou trans; se eu quiser também, só transo, sem me apaixonar. Raspo meus pelos e meu cabelo ou pinto eles cor de arco-íris. Uso as roupas que me der vontade, largas, velhas, vestido de marca vermelho justinho.

Salto alto, maquiagem, cara lavada. Me enfio em qualquer caixinha para ter certeza de que não pertenço a nenhuma delas. Para mim, meu prazer, meu corpo e meu amor são livres desses limites”, disparou e encerrou o assunto.

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Gomes

Colunista em diversos sites. Adoro escrever sobre qualquer assunto. Cursando publicidade e marketing. Apaixonada e ecommerce e marketing digital. Contato: [email protected]