Bruna Marquezine diz que término com Neymar foi definitivo: ‘Não terá outra temporada’

Atriz falou sobre o assunto em entrevista à Vogue americana

Aos vinte e três anos, a atriz Bruna Marquezine foi mencionada como uma das 14 superstars globais, escolhidas pela Vogue americana.

A matéria, que consiste a edição de abril da revista, traz a brasileira ao lado de atrizes como Scarlett Johansson, 34, Léa Seydoux, 33, e a indiana Deepika Padukone, 33.

“Me sinto muito feliz e honrada por ser escolhida pra representar o meu país enquanto atriz na edição de abril da Vogue no meio desse grupo lindo de mulheres extremamente talentosas do mundo inteiro!”, comemorou a brasileira em um post em sua conta na rede social nesta quinta-feira (14).

PUBLICIDADE

Na entrevista à revista americana, Marquezine disse sobre seu envolvimento com o jogador de futebol Neymar, 25 anos, que ela disse ter sido seu “primeiro namorado de verdade”. Ela tinha 17 anos quando eles passaram a namorar.

Bruna ainda comentou a dificuldade que é ter um relacionamento acompanhado “como se fosse uma novela”.

“As pessoas amaram ver ao relacionamento como se fosse uma novela. Nós acabamos mais de quatro vezes”, falou ela.

PUBLICIDADE

“Como alguém que está assistindo, você quer um final feliz, mas como um produtor às vezes você sabe que não está funcionando. Era como dizer às pessoas: ‘Não existirá outra temporada'”, concluiu a atriz, descartando um retorno do casal #Brumar.
Após tantas idas e vindas, os dois terminaram, enfim, em outubro do ano passado.

    Notícia que redes sociais foram bloqueadas em razão de ataque em Suzano é #Fake

Roda informação que diz que o Facebook, o Instagram e o WhatsApp foram bloqueados para postagem de fotos, vídeos e áudios por conta da repercussão da tragédia em Suzano. Além disso, o texto diz que os apps permanecerão dessa forma por tempo indeterminado. É #FAKE.

Não teve nenhum bloqueio. Conforme o Facebook, uma “instabilidade temporária” ocorreu em toda a família de aplicativos. Ainda assim, nem todos os utilizadores foram afetados.

Também não há qualquer relação com o ataque que aconteceu na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande SP. Prova disso é que a instabilidade dos aplicativos não se restringiu ao Brasil. Houve relatos em diversos países ao redor do mundo.

“Isso não é verdade. O Facebook está enfrentando questões técnicas em diversas partes do mundo, e estamos trabalhando para normalizar o acesso aos nossos serviços o mais rápido possível”, afirma, em nota, um porta-voz do Facebook.

Hashtags como #FacebookDown , #instagramdown e #WhatsApp ficaram entre os trending topics do Twitter no mundo durante a tarde desta quinta (13).

O Facebook diz ainda que o problema não está está relacionado a um ataque de negação de serviço (DDoS), que é um acesso coordenado, em massa, que visa derrubar um site.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Gomes

Colunista em diversos sites. Adoro escrever sobre qualquer assunto. Cursando publicidade e marketing. Apaixonada e ecommerce e marketing digital. Contato: [email protected]