Covardia, Técnica em enfermagem é hostilizada por moradores de condomínio por trabalhar em hospital: “Contaminada, porca”

Rúbia Karina Marchinski mora em Ponta Grossa nos Campos Gerais do Paraná e contou que foi agredida verbalmente por três mulheres quando chegava em sua casa.

 

O mundo está vivendo um período muito complicado por causa do coronavírus que tem assustado a todos. Os profissionais de saúde estão desempenhando um papel muito importante nessa batalha contra o vírus.

Mas infelizmente por diversos lugares há relatos de profissionais que estão sofrendo discriminação por estarem na linha de frente contra a doença.

De acordo com informações do Conselho Regional de Enfermagem do Paraná uma técnica em enfermagem foi hostilizada e acusada por moradores do condomínio onde ela mora de estar espalhando o coronavirus.

PUBLICIDADE

Rúbia Karina Marchinski mora em Ponta Grossa nos Campos Gerais do Paraná e contou que foi agredida verbalmente por três mulheres quando chegava em sua casa.

A técnica em enfermagem contou que precisou levantar algumas roupas que estavam na área de convivência para passar com seu carro, mas que tomou todas as precauções higienizando as mãos para levantar as roupinhas do bebê que estavam no varal.

E foi nesse momento que as agressoras vieram com palavras de baixo calão agredindo verbalmente a técnica em enfermagem.

PUBLICIDADE

As mulheres disseram para ela tirar as suas mãos contaminadas, e a chamaram de porca, a profissional contou também que as mulheres disseram que ela teria problema se voltasse a passar por ali.

Todas aquelas agressões aconteceram na frente de seus filhos e por causa disso a profissional de saúde precisou fazer um B.O. na Polícia Militar.

A profissional de saúde disse que se sentiu muito entristecida, pois tem um dom para cuidar principalmente neste momento em que os profissionais de saúde têm sido primordiais na luta contra o vírus que está ameaçando o mundo.

O Coren emitiu uma nota repudiando a situação que a profissional de saúde precisou enfrentar e pediu respeito para os profissionais de saúde, pois não é certo que o fato de pertence à área da saúde possa gerar discriminação nesse momento para os profissionais de saúde.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.