Em depoimento, pai que acorrentou o filho de 11 anos em barril revela o que o motivou a cometer o crime; ele está preso

O pai do menino revelou o motivo para ter feito tamanha crueldade com o filho.

Um crime que chocou a todos e tomou uma grande repercussão na internet foi o do menino de 11 anos de idade que vivia preso dentro de um barril e acorrentado no local.

A criança não podia sair do barril para fazer as suas necessidades fisiológicas, e não ganhava nenhum alimento, sendo obrigado a comer as suas próprias fezes, um caso muito revoltante.

Os responsáveis pelos maus tratos foram presos, sendo eles o próprio pai do menino, a madrasta e sua filha. O garoto conseguiu ser resgatado graças a denuncias dos vizinhos.

Quando as autoridades policiais chegaram na residência, o pai do menino havia saído para o mercado juntamente com a madrasta, mas foram abordados e autuados em fragrante ao retornar a residência.

Em depoimento a policia, o pai do menino revelou o motivo para ter feito tamanha crueldade com o filho, afirmando que a criança era muito agressiva, além de bastante agitado, ele tinha o costume de fugir de casa.

E por isso ele teria tomado essa iniciativa como forma de educar ele. Segundo informação divulgada pelo portal do G1, os vizinhos teriam já feito a muito tempo denuncias ao conselho tutelar, no entanto eles não teriam tomado nenhuma providencia em relação a criança.

O conselho Tutelar se pronunciou através de uma nota, onde afirmam que de fato possuíam conhecimento dos maus tratos, e afirma que vai apurar se houve erros em relação a averiguação do caso.

 

 

 

 

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.