Esquizofrenia? Anitta fala sobre grave doença, e relato deixa fãs em pânico

A cantora desabafou em sua rede social. Confira!

Nesta quarta-feira (13), a cantora Anitta oportunou um desabafo, em sua rede social, sobre os problemas de saúde que esta enfrentando.

Depois de toda a agitação vivida no Carnaval deste ano, a artista decidiu realizar uma pausa para se recuperar e cuidar um pouco de sua saúde.

A morena teve uma extensa agenda, com diversas tarefas que teve de cumprir nos últimos dias. Anitta acordou bem cedinho e, no lugar de descansar, resolveu desabafou com os fãs: “Meu corpo não está acostumado com tempo para dormir. Hoje eu tinha todo o tempo para dormir só que meu corpo não deixou, disse que estou esquizofrênica e que não tinha que dormir”.

PUBLICIDADE

Mesmo com a insônia, Anitta brincou com a situação e aproveitou o dia para gerar algo bem produtivo. Por mais descontraída que estivesse, a artista frisou que tem que se cuidar para manter sua voz em dia e, por conta da febre que teve, tem de ficar atenta para a enfermidade não voltar a qualquer instante.

Por mais que não tenha afirmado que está com a doença, Anitta acabou deixando os fãs preocupados com sua postagem pois, Esquizofrenia é um problema muito sério, que deve ser tratado com o maior cuidado possível.
Esquizofrenia não tem cura e precisa ser tratado até o fim da vida. Normalmente, as pessoas que são diagnosticadas com a doença convivem normalmente se tomarem uma combinação de medicamentos; além de tratamento em psicoterapia e serviços de cuidados especializados. Um dos sintomas de quem possui a doença é fragilidade de memória.

Há pouco tempo, ela concedeu uma entrevista ao amigo Leo Dias, alegando que, quando bebe, costuma não lembrar das coisas.

PUBLICIDADE

   Ciro Gomes alfineta Bolsonaro na Web

     Colaram um tuiteiro de 13 anos para governar o país, diz Ciro Gomes

Em uma sequencia de reprovação à Bolsonaro e sua equipe, o ex-ministro e ex-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) classificou nesta segunda-feira (11), o presidente como um “adolescente tuiteiro” e o governo como uma “confusão”.

“Eu prometi que só iria realizar crítica depois dos 100 primeiros dias de governo, porém está impossível pois tem este bando de boçal que está brincando de governar”, declarou.

“Botaram um garoto de 13 anos, um adolescente tuiteiro para governar o País.” A declaração foi feita em evento do Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (IREE), em São Paulo.

Na rede social, ele também postou a crítica.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Gomes

Colunista em diversos sites. Adoro escrever sobre qualquer assunto. Cursando publicidade e marketing. Apaixonada e ecommerce e marketing digital. Contato: [email protected]