Flordelis faz revela ter tido relações íntimas com o marido momentos antes do pastor ter sido assassinado

A deputada revelou o ato e afirmou se inocente, confira

No final do mês de agosto, a deputada federal Flordelis foi apontada como mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo. O crime aconteceu no dia 16 de junho do ano passado e está sendo investigado até os dias de hoje.

Na última segunda-feira, dia 31 de agosto, Flordelis decidiu dar sua primeira entrevista após ser acusada do crime. Ela conversou com a equipe do SBT em uma reportagem para o Conexão Repórter.

A deputada contou detalhes do dia em que Anderson foi assassinado e reconstruiu a cena do crime além da rotina dos dois naquele dia. Flordelis começou contando que eram quase 3h da manhã quando chegou em casa com o marido.

PUBLICIDADE

Antes eles separaram um tempo para realizar um passeio no calçadão de Copacabana. Em seguida foram para uma rua deserta que a deputada alegou não saber dizer onde era o local.

Ali tiveram relações íntimas no capô do carro esportivo. Durante a entrevista a parlamentar se mostrou irritada com algumas acusações que fizeram contra ela.

Existem acusações dizendo que Flordelis teria recomendado ao marido para utilizar o carro esportivo no lugar do blindado. Ao falar sobre o assunto, a deputada deixou claro que Anderson sempre gostou de sair com o carro esportivo e tal acusação não possui base.

PUBLICIDADE

Vale ressaltar que Flordelis só não foi presa após ser apontada como mandato do crime por causa de sua imunidade parlamentar. O advogado da família do pastor já pediu para que Rodrigo Maia afaste a deputada de seu cargo, perdendo então a imunidade.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.