Goleiro Bruno que tem cumprido em regime aberto retornará a brasileirão

É de conhecimento de todos que em 2013 o goleiro Bruno foi condenado pelo assassinato de Eliza Samúdio, o goleiro teve uma pena de 22 anos e mais três meses de prisão, no entanto, há pouco tempo foi dado a ele o direito de cumprir sua pena em regime aberto.

Desde então, o goleiro tem recebido muitas propostas de clubes de futebol, mas nunca seguem adiante por conta da rejeição do público que ainda não aceita Bruno pela ato covarde que praticou, devido a isso, os clubes acabam desistindo da contratação do goleiro.

Recentemente, ele foi contrato por um clube do Acre, Rio Branco, e deverá ter estreia em campo nesta quarta-feira, 19 de agosto.

PUBLICIDADE

Mas contratação do goleiro não veio tão bem recebida, visto que o clube perdeu um de seus principais patrocinadores e também a técnica feminina que chegou a pedir até demissão de seu cargo por conta da contratação do goleiro. Bruno ainda sofre até hoje uma grande rejeição do público por ter sido acusado da morte de Eliza Samúdio.

O clube para qual Bruno jogará está classificado para a Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo acontecerá nesta quarta-feira no clube Naúas, sem a participação da torcida por conta das medidas protetivas contra a covid-19, seguindo todos os protocolos exigidos. Os jogadores e jornalistas deverão passar por um teste rápido para a covid-19.

Ademais, os jornalistas só poderão entrevistar os jogadores, caso seguirem corretamente as medidas exigidas, protocolo de isolamento.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.