Gusttavo Lima está sendo acusado de ter feito pacto com diabo e mandar mensagens satânicas para fãs

Após Gusttavo ter dado término ao seu casamento com a modelo Andressa Suita, o nome de ambos estão sendo muito falados nas redes sociais e programas de fofoca; Gusttavo está com seu nome em estado de evidências, tendo também suposições e teorias.

Uma de suas teorias seria que o cantor teria feito pacto com o Diabo e anda passando mensagens satânicas para os fãs por trás do seu trabalho. Um dos Youtuber, chamado Thiago Lima; um rapaz pelo qual produz vídeos de teorias da conspiração, postou um vídeo que da detalhes das supostas evidências das suas mensagens subliminares através de símbolos.

O Youtuber diz que a carga das informações neurolinguística trazendo uma mensagem de satanás e que a simbologia e sua gama é enorme. O Youtuber conclui isso depois de analisar o vídeo que Gusttavo teria lançado após seu termino; chamado Café e Amor.

No vídeo clipe com cerca de um pouco mais de 10 minutos, são mostrados momentos que Gusttavo se mostra de suspeitas por Thiago no vídeo. Thiago da exemplo que o sertanejo teria pegado o título de embaixador não seria atoa. O Youtuber mostra gestos que Lima faz com suas mãos sendo comparado com o símbolo satânico; não podendo deixar de fora, o Youtuber comentou sobre o vídeo onde o cantor detalha seu término; e suas evidências satânicas em sua blusa.

Uma inscrita que assistia seu vídeo diz que é bem triste isso tudo e que o ser humano é corrompido facilmente. Outro seguidor comenta que isso é transparente, pois o clipe já parece um ritual.

O título se encontra como: “GUSTAVO LIMA, PRA QUE fazer “ISSO”? TUDO REVELADO! EXATAMENTE no DIA em que se separou, NINGUÉM ENXERGOU”, têm em cerca já de 330.000 visualizações no aplicativo em que o Youtuber trabalha; também tendo uma quantia bem expressada quando se compara os likes com seus deslikes.

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.