Igreja Universal irá enfrentar a justiça da Argentina

Após episódio na Angola, Igreja Universal irá enfrentar a justiça da Argentina

Igreja Universal do Reino de Deus, liderada pelo seu fundador bispo Edir Macedo, atualmente está encarando uma situação de crise na África, tornou-se mira da justiça à ser investigada.

Agora, a Igreja de Macedo está passando por investigação da justiça Argentina, que segundo denúncias é suspeita por fazer transações bancárias suspeitas de no mínimo US$100 milhões.

Após problemas com a Angola, a Universal enfrentará a justiça da Argentina.

PUBLICIDADE

Segundo dados divulgados pela Folha de São Paulo, a igreja será investigada por movimentos bancários na Argentina, onde chegam até 100 milhões de dólares. Tal documentação que fala sobre a investigação teria sido conseguido por diversos jornais pela América Latina.

Desde 2017 a igreja tem sido investigada na Argentina, que desde sempre tem investigado uma hipótese de lavagem de dinheiro. Várias movimentações financeiras em espécie e sem qualquer comprovação lícita quanto a origem do dinheiro.

Segundo fontes judiciais que passaram dados ao Infoabe, a Igreja Universal, durante 5 anos, tem movimentado por volta de 100 milhões de dólares (equivalente à 831 milhões de pesos).

PUBLICIDADE

Em sua Live entitulada por “meditação com pastores” divulgada nas redes sociais no sábado (27/06), o líder da Igreja Universal, bispo Edir Macedo, atribuiu 2 ex-bispos da igreja por um “golpe” na Angola, que teria passado cerca de 15 dias, religiosos do país à se revoltar e tomar controle de 220 dos 300 templos pelo país. Bispos e pastores locais deixaram sua fidelidade com a direção da IURD, fazendo com que colegas brasileiros saiam do país.

PUBLICIDADE

Escrito por News Report

Colunista de notícias, visando levar a informação à leitores diversos, através da internet, mídias sociais, redator de plataforma em diversos assuntos.