Justin Gaethje afirma que não aceitaria uma luta contra Khabib de última hora

O lutador explica a diferença entre encarar o ‘Águia’ e Tony Ferguson

Em uma entrevista ao “BT Sport’ Justin Gaethje explicou que ele não teria aceitado lutar contra Khabib de última hora.

Ciente de que seria um grande desafio para ele trocar forças em uma luta contra o “bicho papão”, Justin aproveitou o momento para poder argumentar a respeito do motivo pela qual ele considera ter mais chances de conseguir ter o seu triunfo em uma luta contra Ferguson do que em um eventual confronto que possa acontecer contra o russo.

O lutador explicou que ele acredita que terá mais chances de tocar o queixo de Tony do que de Khabib no momento, logo nos primeiros rounds.

PUBLICIDADE

Ele conta ainda que para ele conseguir ser derrubado por Khabib uma ou duas vezes durante a luta, e conseguir se levantar e ser capaz de conseguir lutar novamente, ele precisaria de pelo menos 10 semanas para poder se preparar para a luta em questão.

Ele ainda explicou que vem treinando a sua vida inteira, mas que existe um certo ácido lático que deve ser levado em consideração neste momento.

Por mais que o lutador veja que tem mais chances contra Tony, do que contra o lutador russo, ele declarou que o processo de treinos para o UFC 249 não é o adequado para um confronto.

PUBLICIDADE

Ele ainda diz que mantém a expectativa de que vai presentear os espectadores da luta com um grande espetáculo.

A respeito da luta ele conclui que as circunstâncias são perfeitas, e que quando ele aceitou tinha apenas 14 dias para poder se preparar para a luta, e que agora ele teve 5 semanas para treinar, não foi o que ele havia pedido.

Justin e Ferguson serão os responsáveis por marcar o momento do retorno das atividades do Ultimate.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.