Larissa Manoela faz acordo de R$ 26 mil com Fabíola Reipert e encerra ação

A atriz tinha movido ação contra repórter que insinuou gravidez de Larissa

Em 2016, quando Larissa ainda tinha 14 anos, seus pais abriram um processo contra a repórter Fabíola Reipert, apresentadora da Rede Record, após ela ter insinuado que a atriz estava grávida.

Na época, Larissa era menor, então seus pais se responsabilizaram pela ação. A nota era “Larissa Manoela é vista com filho de Leonardo e levanta suspeita de gravidez”.

A nota escrita pela repórter causou grande alvoroço e Larissa, sendo representada pelos pais na ação, pedia o valor R$ 200 mil pela indenização.

PUBLICIDADE

No decorrer do processo, a menina acusou a repórter de sensacionalismo com notícias falsas, além de insinuar que ela tinha vida sexual ativa ainda na adolescência e sendo frequente a sua troca de parceiros.

Ademais, foi citado pelos advogados da atriz em sua defesa que, Fabíola que dizia que Larissa era “mimadinha” e que sempre era alvo de críticas e deboche na emissora SBT.

Mas o processo chegou ao fim e quem venceu a batalha foi Fabíola. A atriz realizou um acordo se comprometendo a pagar R$ 26 mil, a título de honorários, para a jornalista Fabíola Reipert.

PUBLICIDADE

A repórter tinha perdido em 1ª Instância e teria que pagar R$ 30 mil, então recorreu e o a sentença foi reforçada pelo tribunal de que ela não havia cometido nenhum crime.

Segundo declarações , a atriz alcançou grande fama e é normal haver críticas a seu respeito, portanto Larissa terá que se acostumar com tais situações que sempre vão acontecer e que por isso a nota emitida sobre ela não é ilícita e nem tão pouco visava causar algum dano. Por fim, ainda é aguardado o posicionamento dos advogados da atriz e também da jornalista a respeito do caso.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.