Lula pegou covid-19 em Cuba, e fez quarentena no pais para proteger os familiares

O ex-presidente contou que pegou o vírus quando fez uma viagem para Cuba e também foi diagnosticado que tinha uma broncopneumonia.

O ex-presidente contou que pegou o vírus quando fez uma viagem para Cuba e também foi diagnosticado que tinha uma broncopneumonia.

Mas para não preocupar a família preferiu não contar enquanto estava fora do Brasil.

Não precisou ser internado e só ficou em casa de quarentena tomando os remédios.

PUBLICIDADE

Só foi contar para seus familiares na última semana quando retornou para o Brasil.

A broncopneumonia foi decorrente ao covid-19, como foi desconectado nos exames feitos em Cuba.

A broncopneumonia é uma inflamação que se não tratada rapidamente e com medicamentos certos acaba passando para uma pneumonia.

PUBLICIDADE

A viagem foi a trabalho em um grupo de nove pessoas, que só uma não pegou o vírus

O único a ser internado foi o escritor Fernando Morais, que teve complicações pulmonares.

Lula afirmou que viajou para o país em dezembro com sua esposa, antes de ir fazer o teste, para saber se estava com o vírus.

Chegando em Cuba fez outro exame que também deu negativo para o vírus.

Só que passando 5 dias teve que repetir o exame das regras do país para combater a entrada de pessoas contaminadas ao país.

Somente uma jornalista que estava acompanhando o grupo não foi contaminada com o vírus.

No momento Lula se encontra bem e estar se recuperando ao lado dos familiares e amigos que estão sempre ao seu lado, ate mesmo nos momentos difíceis que passou a anos atrás, quando foi preso sempre tiveram ao lado dele

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Hosana Oliveira

Sou uma redatora que procura sempre estar bem informada do que esta acontecendo na mídia, faço do meu trabalho um aprendizado a cada dia