Mãe publica foto de sua bebê com um piercing na bochecha; Causa revolta e recebe até ameaças

A mãe da menina disse que colocou o acessório na filha por que ela iria gostar e agradecer no futuro.

Uma mãe causou nas redes sociais ao publicar uma foto da filha com um piercing na bochecha, a foto causou revolta por se tratar de um bebê exposto a um ato sem poder expressar sua vontade e sendo alvo dos caprichos de sua mãe. Essa publicação nas redes sociais causou discussão e levou pessoas a ameaçar a mãe da criança com a perda da guarda dela.

Na legenda a mulher publicou um texto onde explicava o por que colocou o piercing na filha: “Parece tão fofo, né?!! Eu só sei que ela vai adorar!! Ela vai me agradecer quando ela for mais velha kkkk se ela decidir que não gosta, ela pode apenas tirar, nada de mais 😂😂 Eu sou o pai, ela é minha criança, eu farei o que eu quiser!! Eu faço todas as suas decisões até que ela tem 18 anos, eu a fiz, eu a possuo!! Eu não preciso da permissão de ninguém , eu acho que é melhor, mais fofo, & Prefiro que ela tenha a sua covinha furada. Não é abuso!! Se fosse, seria ilegal, mas não é. As pessoas pierce os seus bebês todos os dias, isto não é diferente 😂😂 Meu bebê, minha escolha!! Escolha dos pais, direitos dos pais!! Não julgue o meu pai, todos nós levantar os nossos filhos de forma diferente, não é da sua conta de qualquer forma!!”; publicou Enedina Vance em sua rede social junto a foto da filha utilizando o acessório.

PUBLICIDADE

O que ela não imaginava era a proporção que essa foto iria tomar, Enedina começou a receber olhares e ameaças em relação a guarda da sua filha; foi taxada por muitos como louca e péssima mãe. O que ninguém sabia era que na realidade a foto se tratava de uma montagem e que a bebê nunca utilizou realmente o acessório.

A mãe disse que a foto seria nada mais que uma brincadeira de rede social e que foi utilizado um programa de photoshop para realizar a mudança na foto e colocação da imagem do acessório na bochecha da filha. Ela jamais imaginou as proporções que uma simples brincadeira na rede social poderia tomar.

Enedina que é ativista contra a modificação corporal, postou a foto adulterada com o intuito de provocar uma discussão sobre as modificaçãoes corporais praticadas com frequência e a circuncisão realizadas em bebês em algumas religiões; ao publicar aq foto a ativista colocou em foco o seu “direito de mãe sobre a criança”.Para explicar seu modo de vista e por que ela seria contra esse tipo de prática, a mulher utilizou como exemplo a colocação de brincos em bebês nos primeiros meses de vida; colocando em foco que se uma mãe pode furar a orelha da filha com poucos meses por que ela não poderia colocar um piercing na bochecha da filha.

PUBLICIDADE

Mas na realidade Enedina nem mesmo a orelha da filha furou, uma vez que ela é ativista e contra essa prática; ela explica que utilizou a foto para uma exemplificação do seu modo de vista. Que seu intuito era causar um discussão de até onde vai seu poder sobre os filhos.

Ela deixou claro que por se tratar do corpo da filha dela, seria a menina responsável por tomar decisões em relação a ele e que não caberia a mãe tomar essas iniciativas. Ela ressaltou que sempre usará de diálogo com a filha, mas que jamais ira lhe impor uma mudança sem seu consentimento.

Enedina acabou ressaltando um assunto um tanto polêmico, o que acarretou em vários xingamentos e questionamentos em relação a sua condição como mãe. Mas para ela seu intuito com atingido com sucesso, e sua ideia acabou alcançando mais pessoas que ela esperava.

Agora cabe a discussão, até onde seu “poder de mãe” deve ir? Uma mãe tem total liberdade de decisão sobre a vida e o corpo dos filhos? Religião pode impor esse tipo de ato sobre uma criança? Qual é o real papel dos pais na vida de um filho? Há vários pontos a se pensar, mas uma coisa é certa uma mãe e um pai deve pensar sempre primeiramente em seu filho.

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Gomes

Colunista em diversos sites. Adoro escrever sobre qualquer assunto. Cursando publicidade e marketing. Apaixonada e ecommerce e marketing digital. Contato: [email protected]