Mulher Melão congrega na Igreja Universal e diz que “Virou uma fruta abençoada”

"Posso passar um período sem ir à igreja, mas lá é meu alicerce e é onde sempre renovo as minhas forças". Disse ela.

Renata Frisson, a Mulher Melão, surpreendeu aos fãs ao aparecer em cliques juntos a pastores da Igreja Universal do Reino de Deus e do prefeito do Rio de Janeiro, o pastor Marcelo Crivella.”

Imediatamente os seguidores da artista questionaram sua religião, sem rodeios ela disse que foi batizada na Universal e frequenta o templo, há exatos 7 anos. “Sempre frequentei a Universal.

Lá é onde eu gosto de cuidar do meu lado espiritual. Mas não é porque eu frequento a igreja que eu parei com o funk.

PUBLICIDADE

A Universal é um lugar onde não sou julgada. Sempre procuro ir ao culto, receber uma oração, pois isso me faz bem. Melão virou uma fruta abençoada”,desabafou a cantora.

Frisson revela que se sente bem porque lá não tem proibições, diz ainda que a ‘Mulher Melão” é uma personagem e agora ela é “Uma fruta abençoada”.
“Não é porque eu frequento a igreja que eu parei com o funk. Por isso eu gosto da Universal, pois é um lugar onde não sou julgada.

Eles sempre me receberam com muito carinho. É um lugar que me sinto bem”, revelou ela,

PUBLICIDADE

.

Após muita polêmica e questionamentos as fotos foram excluídas do perfil da Mulher Melão.

Renata diz que sua família sempre foi evangélica e que ela decidiu seguir a Jesus Cristo, após passar por um momento muito difícil em sua vida.

Quando teve um aborto espontâneo e na fé encontrou motivos para seguir adiante.

Ela conclui dizendo que não se sente culpada pela vida profissional, mas afirma que quando Deus quiser, Ele pode tirá-la para algo melhor.
“A Mulher Melão é uma personagem. A minha vida pessoal é totalmente diferente do meu lado funkeira. Eu escolhi a Universal justamente por não receber nenhum tipo de preconceito.

Eu sou muito bem resolvida na minha cabeça. Por isso, não fico me culpando e me cobrando por alguma coisa.

Quando Deus quiser me tirar disso, Ele vai me tirar para algo melhor. Então, eu fico bem tranquila com essa questão.

Se eu não estou incomodando a Deus, certamente eu não vou me importar de estar incomodando os outros.”

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Gomes

Colunista em diversos sites. Adoro escrever sobre qualquer assunto. Cursando publicidade e marketing. Apaixonada e ecommerce e marketing digital. Contato: [email protected]