Paulo Gustavo da declaração sobre beijo gay: “Não sou ativista”

Após polêmica humorista resolveu se pronunciar a respeito da falta de beijo em filme

O ator Paulo Gustavo resolveu comentar a respeito da polêmica que se formou nos últimos dias a respeito da falta de um beijo durante o casamento do personagem Juliana (Rodrigo Pandolfo) e Thiago (Lucas Cordeiro) no filme “Minha Mãe É Uma Peça 3”, que irá estrear no dia 26 de dezembro.

Após receber diversas críticas através das redes sociais, de muitos internautas que não ficaram nada satisfeitos com a escolha de não ter um beijo no casamento dos personagens, o ator resolveu comentar a polêmica através de seu Instagram.

Em uma publicação o humorista conta que ao começar a escrever este filme, ele não sabia ainda muito bem o que iria fazer, mas que tinha uma certeza que queria escrever a respeito do casamento gay.

PUBLICIDADE

O humorista conta que para ele este momento do casamento é a respeito de algo maior, sobre o orgulho que a mãe sente ao ver o filho trilhando o caminho do amor e sendo quem ele queria ser em sua vida.

Para ele, colocar este momento do casamento significa mostrar um pouco mais do que ele mesmo viveu, e fazer com que as pessoas se inspirem e que isso tenha o poder de transformar famílias.

Paulo Gustavo ainda ressaltou que o filme tem como objetivo mostrar como Dona Hermínia irá vai lidar com os seus filhos agora criando suas próprias famílias e mudando suas vidas ao fazerem isso.

PUBLICIDADE

O ator conta que não existe uma cena do casamento completo no filme, que na realidade tem um discurso emocionado dos noivos, e que é logo interrompido por Dona Hermínia que resolve se declarar para eles e para toda a família no momento.

Depois deste momento, o ator conta que a cena é cortada já para um momento onde estão todos dançando e celebrando o amor dos recém-casados e da família inteira.

Neste momento, Paulo Gustavo faz questão de ressaltar que ele não deveria estar sendo criticado, e que é um momento de combater a homofobia, e que o alvo de críticas não deveria ser ele.

Em sua declaração, o humorista ainda ressaltou que apesar de não ser militante e ativista, ele é um ser político, e acredita que não deveria estar sendo o alvo das criticas. Relembrou a respeito de seu casamento com Thales e que estão casados há 6 anos e que agora os dois tem dois filhos juntos e que sua vida é rodeada de amor e que é isso que ele quer espalhar pelo mundo.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.