Sinais de esperança em Itália: Idosa de 104 anos, ficou curada do coronavírus

Ada Zanusso fez história ao tornar-se na sobrevivente mais velha do mundo.

O contágio do novo coronavírus lamentavelmente insiste em fazer centenas de vítimas mortais na Itália todos os dias, mas também em meio de tanto sofrimento há historias de sobrevivência que trazem um pouco de esperança para todos os infectados pela doença.

É a história que vamos contar agora de uma Idosa chamada Ada Zanusso. Hoje com 104 anos, a Idosa italiana, que já presenciou duas guerras mundiais, agora é a primeira sobrevivente mais idosa do mundo a sobreviver ao coronavírus.

PUBLICIDADE

Ada, que mora ” em lar de idosos conhecido por residência Maria Grazia, localizada na Lessona, especificamente na região de Biella, começou a sentir os sintomas iniciais em março como (febre e vômitos), e com uma desconfiança que poderia ser o Covid-19, a idosa foi submetida a fazer exames que contataram que ela estava com o novo coronavírus.

O filho de dona Ada, contou que ela havia apresentado febre e vômito e logo ele desconfiou que sua mãe estava mesmo infectada pelo vírus, ele ainda contou que não pode ter nenhum contato presencial com sua mãe, no momento em que ela esteve internada.

O jovem explicou que foi muito difícil e que achava que nunca mais iria ver sua mãe e nem falar com ela. Foi então que o rapaz encontrou uma solução, ele conseguiu ter contato com ela não físico, mas por telefone e até fazer (video) chamadas, contou Giampietro Brisotto, filho de dona Ada.

PUBLICIDADE

Giampietro Brisotto disse também que sua mãe sempre anoite começava a” ler e repetir o rosário à noite. Ela venceu essa terrível doença . Ela é uma guerreira e vencedora. Eu sabia que ela iria conseguir enfrentar a doença, com sua fé e com a disposição de sempre ficar ao ar livre contribuiu para a sua melhora, mesmo que seja apenas para cuidar de uma horta”, contou ele.

A Itália vem vivendo uma situação muito delicada por causa do novo coronavírus, que já fez centenas de vítimas pelo país, e que os Italianos têm vividos insolados desde início da pandemia no país, que vem fazendo mais vítimas todos os dias de uma forma descontrolada, preocupando médicos e as autoridades que estão fazendo o que podem para evitar mortes.

PUBLICIDADE

Escrito por Wellington Pereira Da Silva

Sou Estudante e redator amo escrever as melhores notícias ,curiosidades, historias ,dicas e entretenimento você encontra por aqui.