Surfista embriagado se envolve em acidente de trânsito com morte e ri durante exame de alcoolemia

O laudo da análise do exame de alcoolemia feito no surfista de ondas grandes Felipe Cesarano revelou que o atleta ria e falava de forma repetitiva e confusa durante o procedimento.

O Surfista Felipe Cesarano conhecido como Gordo, ao realizar o exame de alcoolemia indicou que estava embriagado quando se envolveu no acidente que tirou a vida do sargento da Marinha.

De acordo com o perito durante o exame o jovem falava de forma confusa e repetitiva, o laudo diz que após ser indagado se estava alcoolizado ele riu e disse que vinha de uma boate estava voltando às 5 horas da manhã, mas agora deveria ir para o Instituto Médico Legal mas não sabia para quê.

Durante o exame ele falava de forma confusa e repetida e afirmando que havia tomado apenas cerveja, ele não conseguiu realizar o exame neurológico de forma adequada, que era fazer o quatro, andar pé ante pé e o dedo e nariz.

PUBLICIDADE

Segundo o laudo o atleta dirigia um carro que ia na direção Zona Sul da Lagoa da Barra, segundo testemunhas ele perdeu o controle do veículo e bateu de frente com carro do sargento da Marinha que seguia em direção contrária.

Diogo da Silva de 36 anos morreu na hora, Felipe recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros ainda na pista, teve ferimentos leves e foi preso em flagrante.

O Surfista responderá por homicídio culposo, após o acidente ele foi levado para a Décima Segunda DP de Copacabana e seguiu para o presídio de Bangu.

PUBLICIDADE

O acidente aconteceu na manhã da última quarta-feira (16), o trânsito ficou totalmente paralisado, o delegado Daniel Rosa está investigando o caso.

O 15ª DP responsável pela região segue investigando as causas do acidente, após a prisão Felipe deletou sua conta no Instagram.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.