Victor Chaves: Cantor fala sobre ter pensado em tirar sua vida

Cantor abre o jogo sobre as acusações de agressão

O cantor Victor Chaves, que fazia dupla sertaneja com seu irmão Léo, veio a público para falar sobre a acusação de ter agredido sua esposa, há 3 anos atrás. Em entrevista à Eliane Trindade, colunista da folha de S.Paulo, ele falou sobre o momento, apresentando a sua versão sobre o ocorrido.

“De maneira sensacionalista, se utilizaram dos fatos. Se não tivesse caído na mídia e não tivesse alcançado o pico que chegou, teria sido um dia caótico, onde logo mais viria a separação. Como estamos falando da mãe de meus filhos, só posso dizer que tudo não passou de um grande descontrole de emoções”, disse ele, negando ter dado chutes contra sua esposa, Poliana Bagantini, grávida.

Quanto ao The Voice Kids, da Globo onde Victor era jurado junto de seu irmão Léo, ele também negou que pediu pra sair após o boom do caso na mídia.

PUBLICIDADE

“Veio à público que eu havia pedido pra sair do programa, mentira. Eu tinha indiferenças com a direção, por questões de ideias. Me destruir era o ideial deles, mas não conseguiram”.

O cantor comenta sobre um tempo que pensou em suicídio: “Fui até Uberlândia, decidir se continuaria em turnê com Léo. Lá eu passei por um terrível momento emocional e psicológico. Caí. Após 6 dias do ocorrido, quase cometi um suicídio. Prefiro não falar à respeito”, dizendo ele ao ter passado por uma profunda tristeza.

“Perdi o chão. Antes, na mídia, era visto como alguém perfeito, sendo que nunca fui. Mas, um assunto que gerou polêmica, me fez ser visto como um monstro, onde também não é verdade. Mas, logo caiu a ficha que a de fato me importa é a minha consciência. Passei por um momento muito ruim, apenas tocando ou dormindo. O que de fato me salvou, foi a arte. Por cerca de 7 meses, tomava banho a cada 3 dias”.

PUBLICIDADE

Mas, o tempo passou e longe da fama, teve uma luz ao final do túnel.

“Me manter calado por 3 anos, foi muito ruim. Minha vontade era de me defender, mas o silêncio valeu a pena. Me livrei do ego, ir ao dentista em horário comum, ficar na fila de aeroporto. Sensação de viver”, disse.

PUBLICIDADE

Escrito por News Report

Colunista de notícias, visando levar a informação à leitores diversos, através da internet, mídias sociais, redator de plataforma em diversos assuntos.